Segunda, 21 de Junho de 2021 06:08
Política Amapá

Presidente da Petrobras diz a Davi que companhia vai avançar no planejamento de exploração de petróleo na costa do Amapá

Para Alcolumbre, Amapá tem tudo para ser um grande centro de apoio logístico

28/05/2021 14h01 Atualizada há 3 semanas
178
Por: Thiago Trindade
Presidente da Petrobras diz a Davi que companhia vai avançar no planejamento de exploração de petróleo na costa do Amapá

Alcolumbre explica que é uma grande janela para o desenvolvimento do estado

Para Alcolumbre,  Amapá tem tudo para ser um grande centro de apoio logístico

O senador Davi Alcolumbre (Democratas - AP) esteve reunido com o presidente da Petrobras, general Joaquim Silva e Luna, nesta quinta-feira (27), na sede da empresa, no Rio de Janeiro. Na pauta, o plano estratégico e as perspectivas da companhia para a chamada "Margem Equatorial", uma nova fronteira exploratória de petróleo, situada na faixa costeira entre os estados do Amapá e o Rio Grande do Norte.

A exploração de petróleo e gás deve se tornar uma realidade no Amapá, que possui uma área rica para o setor. 

"O planejamento da Petrobras é de que, até o quarto trimestre de 2022, três perfurações sejam feitas. Na foz do Amazonas, na costa do Pará e na costa do Maranhão. Isso abre uma janela de investimento fantástica e será um grande vetor de desenvolvimento para o Amapá", contou Alcolumbre.

O Amapá como centro logístico

Davi passou o dia na sede da Petrobras e afirma que, de antemão, o Amapá tem tudo para ser um centro de apoio logístico às atividades exploratórias da Petrobras.

"O Amapá tem regiões com potencial para servir de base de apoio para o setor. Exemplo disso é o porto de Santana, já que os suprimentos precisam ser transportados pelas vias fluvial ou marítima. Havendo  um planejamento adequado, o Amapá tem tudo para ser um importante centro de apoio logístico para as atividades de exploração e perfuração de petróleo. Outras regiões no estado, além do porto de Santana, poderão servir como base de apoio no transporte de cargas diversas, tanto pelo rio quanto pelo oceano", explicou o senador.

Geração de emprego e renda

Com a perspectiva de exploração de petróleo, o estado do Amapá pode obter uma grande  oportunidade para o desenvolvimento de royalties, com estímulos à cadeia produtiva e à formação de mão de obra local e, também, com a geração de emprego e renda, inclusive com a necessidade de contratar profissionais qualificados para o setor.

Ao final da visita, o senador afirmou ao general Silva e Luna  que os brasileiros confiam na Petrobras e os amapaenses aguardam com grande expectativa o início das atividades da empresa no estado.

"A gente sabe do potencial que uma atividade como essa vai trazer para o desenvolvimento do Amapá, inclusive e principalmente com a criação de postos de trabalho para o período pós-pandemia", disse Davi.

"Obrigado, presidente Davi. A Petrobras vai avançar nesse planejamento estratégico para levar riqueza e oferecer oportunidade de desenvolvimento ao Amapá", garantiu Silva e Luna.

_Assessoria de Imprensa

Davi Alcolumbre

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Macapá - AP
Atualizado às 06h00 - Fonte: Climatempo
25°
Muitas nuvens

Mín. 24° Máx. 33°

25° Sensação
6 km/h Vento
100% Umidade do ar
80% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (22/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (23/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.