Segunda, 24 de Junho de 2024
24°C 30°C
Macapá, AP
Publicidade

Concurso "Pérola Negra 2024" exalta beleza, ancestralidade e empoderamento das Mulheres Amapaenses

O evento ocorreu no Anfiteatro do Centro de Cultura Negra Raimundinha Ramos, no bairro Laguinho, em Macapá, e foi organizado pelo estilista, produtor cultural e colunista social Ray Balieiro. Este ano, o concurso contou com o apoio da Fundação Estadual de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Fundação Marabaixo) e da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

10/06/2024 às 21h57
Por: Dinael Monteiro
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No domingo, 9 de junho, com o apoio do Governo do Amapá, oito candidatas disputaram o título de "Pérola Negra 2024", um concurso que celebra a beleza, a ancestralidade e o empoderamento das mulheres amapaenses. A grande vencedora desta edição foi Nicole Picanço, de 19 anos, representante do Grupo de Passista Raiz.

O evento ocorreu no Anfiteatro do Centro de Cultura Negra Raimundinha Ramos, no bairro Laguinho, em Macapá, e foi organizado pelo estilista, produtor cultural e colunista social Ray Balieiro. Este ano, o concurso contou com o apoio da Fundação Estadual de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Fundação Marabaixo) e da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

“Todas as candidatas se prepararam muito. Esse não é só um concurso de beleza, mas também de valorização da nossa negritude, que é o que nos faz especiais. No fim, deu tudo certo e sou muito grata pelo apoio de pessoas que acreditam no potencial da mulher amapaense”, afirmou Nicole, emocionada.

As concorrentes ao título incluíram Mara Duarte, representando o bairro Infraero; Fabiana Gomes, de Mazagão; Raquele Carmo, do grupo Marabaixo Rosa Açucena; Lucélia Santos, do grupo Família Ribeiro; Andreza Bandeira, dos Passistas Tucujus; e Dominic Rodrigues, dos Boêmios do Laguinho.

“O concurso é um dos mais tradicionais do Amapá e tem como proposta a valorização da beleza negra feminina. Foi retomado em 2019 de forma independente, mas este ano recebemos o apoio do Governo do Amapá, o que tornou possível essa magnífica edição de 2024”, destacou o organizador Ray Balieiro.

Vencedoras e participantes de anos anteriores também participaram do evento. A faixa foi repassada à sucessora por Bruna Barbosa, vencedora da última edição do evento. Dominic Rodrigues ficou em segundo lugar e Fabiana Gomes em terceiro.

A entrega da coroa à vencedora foi realizada pela diretora-presidente da Fundação Marabaixo, Josilana Santos, que ressaltou a importância dos concursos para as mulheres negras amapaenses.

“Não é só um simples concurso de beleza. É também uma ferramenta de incentivo à autoaceitação, pois é uma quebra de paradigmas. Aqui, celebramos a ancestralidade e a particularidade da beleza negra, e isso também é resistência”, afirmou Josilana em seu discurso.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Macapá, AP
27°
Tempo limpo

Mín. 24° Máx. 30°

30° Sensação
2.57km/h Vento
83% Umidade
80% (1.14mm) Chance de chuva
06h22 Nascer do sol
06h30 Pôr do sol
Ter 28° 23°
Qua 29° 23°
Qui 29° 24°
Sex 28° 24°
Sáb ° °
Atualizado às 23h03
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 361,785,18 -1,62%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade